Boletim Epidemiológico da Covid-19

2020/11/18

Boletim Epidemiológico COVID 19-Figueirópolis-TO. 17/11/2020.

Boletim Epidemiológico COVID 19-Figueirópolis-TO. 17/11/2020.

Situação epidemiológica de Figueirópolis-TO

O Comitê Gestor de Prevenção ao Coronavírus de Figueirópolis informa que até às 14h desta terça, 17, foram confirmados 03 novos casos de Covid-19 na cidade. Desta forma, Figueirópolis contabiliza nesta terça, 294 casos confirmados, 275 curados, 1163 casos descartados, 03 casos suspeitos e 07 óbitos. Todos os casos confirmados, bem como casos suspeitos são acompanhados pela vigilância epidemiológica do município.

Dos Casos confirmados, 42,5% são do sexo masculino e 57,5% do sexo feminino. Na distribuição por faixa etária, 0-9 anos são 33 (11,2%) casos, 10-19 anos são 26 (8,8%) casos, 20-39 anos são 98 (33,3%) casos, 40-59 anos são 86 (29,3%) casos, 60-69 anos são 27 (9,2%) casos e 70 anos ou mais são 24 (8,2%) casos.

Medidas restritivas e ações preventivas

Motivado pelo aumento do número de casos de COVID-19 é pela consecução de critérios de revisão previstos nos decretos anteriores, aderindo às recomendações e políticas públicas Estadual e Federal, o poder público municipal emitiu o Decreto nº 913 que dispõe sobre as novas medidas restritivas no município.

Esses decretos Determina o uso de máscara de proteção facial enquanto perdurar a situação emergencial, restringe a venda de bebida alcoólica em bares, restaurantes entre outros. Flexibiliza atividades de cunho religioso, Leilões, Velórios, liberando as atividades desde que siga as instruções previstas em decreto.

Continuam suspensas as atividades em ambientes como praças esportivas, estádios, ginásios, quadras poliesportivas e qualquer outra que tenha uso de equipamentos compartilhados.

Capacidade de atendimento para casos moderados e graves de COVID-19

As unidades hospitalares e pré-hospitalares de Figueirópolis contam com os seguintes leitos:

 ✓ HPPF (Hospital De Pequeno Porte de Figueirópolis) – 05 leitos Clínicos, sem Respiradores.

Testes

Teste Rápido: Disponível no Município- Resultado em 20 MINUTOS. É feito através da coleta de sangue (furo no dedo) deve ser realizado a partir do 8° dia após o início de sintomas. A partir das amostras colhidas, é avaliada a presença de seus anticorpos: IgG e IgM.

SWAB NASO-ORROFARINGEO: Disponível para envio ao Laboratório Central do Estado-LACEN. Esse exame é feito através da coleta de secreções da boca e do nariz. O resultado é informado pelo LACEN em 72hrs.

Quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas com a Vigilância Epidemiológica por meio dos números: (63) 3374-1697, (63) 3374-1207 e (63) 9 9282-7451.

Anexos da Notícia

Nome Tamanho
Boletim Epidemiologico 188.pdf 6.41 MB Baixar

Visualizações: 87